Message



ISCIA celebra protocolos com entidades de Proteção Civil

Aposta contínua na Segurança, Proteção e Socorro


Publicado a: 23 Janeiro 2015

O Instituto Superior de Ciências da Informação e da Administração (ISCIA) assinou, recentemente, vários protocolos de cooperação com diferentes organizações nacionais. É, antes de mais, uma aposta na partilha de conhecimentos através da envolvência no meio e nas áreas desenvolvidas pelas organizações subscritoras, e que, por meio destes acordos, garantem expandir.

O protocolo do ISCIA com o Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC), assinado na passada segunda-feira, dia 19 de janeiro, tem como objeto “uma estreita participação em âmbitos de educação”, em que ambas as Instituições “estão predispostas e reconhecem o interesse e a relevância de integrar todas as parcerias que visem o desenvolvimento sustentado da qualificação dos voluntários e profissionais que operam no Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro, na componente externa do sistema integrado de emergência médica mas também em programas de sensibilização, informação e formação dos cidadãos”.

Integrada nesta cooperação está, também, a Escola Nacional de Bombeiros (ENB), a autoridade pedagógica responsável pela formação dos bombeiros portugueses, e que desempenha um papel único e fundamental na aquisição de conhecimentos e especializações indispensáveis. A ENB reconhece o esforço que as instituições, ISCIA e ISEC, têm tido no que concerne ao desenvolvimento das formações para os profissionais desta área, declarando, assim, “apoiar entusiasticamente, dentro dos limites da lei que a enquadra e dos seus objetivos estratégicos e regulamentos, as ações que venham a ser desenvolvidas em torno desta parceria”, no âmbito do presente protocolo.

Um anterior protocolo foi também celebrado com o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), o órgão regulador da estrutura da Direção-Geral da Autoridade Marítima para o salvamento marítimo, socorros a náufragos e assistência a banhistas; e ainda a autoridade nacional competente no reconhecimento das qualificações profissionais da carteira do nadador-salvador. Dessa forma, este protocolo tem por objeto “regular e padronizar os procedimentos a serem adotados nos cursos da carreira profissional do nadador-salvador, do formador de nadador-salvador e do coordenador do nadador-salvador a serem promovidos pelo ISCIA, como entidade promotora”.

Fazendo a Proteção e a Segurança parte das áreas de estudo do ISCIA, é de todo relevante a existência destes protocolos que visem à maximização de formações e outros trabalhos em conjunto, também para benefício dos estudantes. Além disso, as associações da sociedade civil organizadas são peças fundamentais na proteção de pessoas, bens e ambiente, e, dessa forma a educação constitui uma área estratégica no desenvolvimento de Portugal, pelo que caberá, a todo este tipo de Instituições, zelar pela convergência de esforços na formação, ensino e treino dos gestores e técnicos de proteção civil.


Partilhe nas suas redes sociais:

Próximos Eventos


Topo